Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Se perdeu? faça uma bússola!

Imagem
Uma bússola é um objeto com uma agulha magnética que é atraída para o pólo magnético terrestre.


Sabe-se que nosso planeta possui um campo magnético intrínseco e que este campo vai de um pólo à outro, sendo assim a agulha imantada presente na bússola sofre interferência deste campo magnético e orienta-se de acordo com ele.
COMO FAZER UMA BÚSSOLA? Existe infinitas maneiras de fazer uma bússola, e tudo vai depender do material que você terá em mãos, citarei duas maneiras diferentes. FAZENDO UMA BÚSSOLA MUITO SIMPLES: Material: - Um imã redondo. - Linha de costura (a mais fina possível). - Durex. Procedimento: Amarre seu imã redondo com a linha passando pelo centro e fixe o sistema na borda de uma mesa.

Tente mover o imã da sua posição de repouso e observe que quando estiver livre ele teimosamente voltará, isso demonstra seu alinhamento com o campo magnético da Terra. FAZENDO UMA BÚSSOLA SIMPLES sem uso do imã:

O cerrado em perigo!

Imagem
O bioma cerrado é um dos mais importantes e antigos do Brasil, entretanto, sua diversidade está sendo corroída em ritmo acelerado.


       Trinta e quatro regiões no mundo inteiro são consideradas áreas prioritárias de conservação, por abrigarem verdadeiros tesouros biológicos; duas dessas regiões estão no Brasil e uma delas é a do Cerrado (e a outra, por incrível que pareça, não é a Amazônia, mas a Mata Atlântica). O desmatamento no Cerrado anda a passos largos anualmente e as propriedades agrícolas podem, apoiadas pelo Código Florestal vigente, preservar apenas 20% da área nativa, bem diferente do que ocorre em florestas tropicais, como a Amazônia, nas quais esse percentual corresponde ao máximo que se permite desmatar. São 12.356 espécies da flora e mais de 2.546 animais catalogados, meros 10% do que existia originalmente nesse bioma. É também o berço de três das maiores bacias da América Latina (Amazônica, Paraná-Paraguai e São Francisco). Tantas riquezas ainda não foram suficiente…

A importância de se localizar.

Imagem
A importância de se localizar é importante desde saber onde colocar o sistema solar de eletricidade de sua casa até o melhor assento em uma viajem e sem esquecer de não se perder em algum local.


Para chegar a um determinado lugar pela primeira vez é preciso ter referências ou o endereço, isso no campo ou na cidade, no entanto, nem sempre temos em nossas mãos instrumentos ou informações para a orientação. Em áreas naturais como as grandes florestas, desertos e oceanos não têm placas ou endereços para informar qual caminho se deve tomar. 

Nessas circunstâncias temos duas opções para nos orientar, que são pelos astros ou por instrumentos. 

O primeiro tem sua utilização difundida há muito tempo, principalmente no passado quando pessoas que percorriam grandes distâncias se orientavam por meio da observação do sol, da lua ou das estrelas, apesar de que não possui a mesma precisão dos instrumentos esse tipo de recurso pode ser bem aproveitado dependendo da ocasião.
Até nos dias atuais pequenas e…

Conhece os Agudás?

Os agudás
Assim são chamados no Benin os herdeiros de antigos escravos brasileiros que, livres, retornaram à África. Com festas, sobrenomes e fé importados da Bahia, eles moldaram uma nova identidade para superar o estigma do passado Matéria interessante da National Greographic http://viajeaqui.abril.com.br/materias/agudas-africa-brasil#5

2040 será o fim?

Imagem
2040 será o fim? De acordo com a NASA a chance de 1 em 625, do asteroide de 130 metros atingir a terra em 2040. 


Mais informações http://www.tecmundo.com.br/astronomia/20009-asteroide-de-130-metros-pode-atingir-a-terra-em-2040.htm. (2010)


De acordo com a Istoé, 2012



Assunto dominante na ONU na reunião da Equipe de Ação sobre Objetos Próximos da Terra: um asteroide com aproximadamente 140 quilômetros de diâmetro está vindo em direção ao nosso planeta. Astrônomos afirmam que o choque será inevitável em fevereiro de 2040 – e pelo menos um terço da Terra será destruído. Só em fevereiro de 2023, quando o asteroide estiver a uma distância de três milhões de quilômetros, é que se poderá tentar o desvio de sua rota. Fonte: Istoé OBS: Em 2016 qual será o tamanho? Se em apenas 2 anos de diferença os dados colhidos foram brutalmente distorcidos.

Filme: XINGU

Imagem
Assisti o filme ontem. Ótima produção nacional.
Narra a saga dos irmãos Villas-Bôas, Orlando (Felipe Camargo), Cláudio (João Miguel) e Leonardo (Caio Blat), membros da expedição Roncador-Xingu, missão desbravadora do Brasil Central em meados do século XX. Os irmãos Villas Bôas foram os principais idealizadores, em 1961, do Parque Indígena do Xingu, primeira reserva do gênero homologada pelo governo federal.
Assista o Trailer: http://www.xinguofilme.com.br/
Imagem
Vegetação no Brasil


Associada aos diversos climas, relevos e solos existentes no Brasil há uma variedade de formações vegetais. A vegetação brasileira pode ser classificada em floresta Amazônica, mata Atlântica (florestas costeiras), caatinga, pantanal mato-grossense, cerrado, campos, mata de araucária, mata de cocais, mangue e restinga.
Explorada desde a colonização, a vegetação original é a primeira fonte de riqueza do país. A extração de pau-brasil representa o início de um processo desordenado de utilização da cobertura vegetal, que persiste até hoje em diferentes níveis, e levou, praticamente, à extinção da mata Atlântica. Atualmente o desmatamento atinge sobretudo a Amazônia. 

 Floresta Amazônica–Ocupa cerca de 40% do território brasileiro – em uma área que abrange a totalidade da Região Norte, o norte de Mato Grosso e o oeste do Maranhão –, estendendo-se ainda pelos países vizinhos (Suriname, Guiana, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia), além da Guiana Francesa. É uma f…

O coronelismo ainda não acabou?

Imagem
O estranho sumiço de CartaCapital em Goiânia. “A fotocópia da matéria custa cinco reais, quer que eu reserve? Não tenho mais como tirar outra, porque a tinta da máquina acabou”, oferece, por telefone, a vendedora de uma revistaria de Goiânia. CartaCapital ligava para saber se o estabelecimento ainda tinha em estoque a edição 691, que traz em sua capa reportagem sobre os laços dos negócios ilegais do bicheiro Carlinhos Cachoeira, o senador Demóstenes Torres e o governador de Goiás, Marconi Perillo, identificados pela Polícia Federal na Operação Monte Carlo. A revista, que teve acesso exclusivo ao relatório da operação da PF, recebe desde a manhã deste domingo 1 inúmeras mensagens em seu portal e contas nas redes sociais Twitter eFacebook a alertar sobre a estranha dificuldade em encontrar a edição nas bancas da capital goiana.
fonte: http://www.cartacapital.com.br/politica/o-estranho-sumico-de-cartacapital-em-goiania/

População tradicional - População Quilombola

Imagem
Uma matéria interessante sobre os quilombolas brasileiros, a origem, os conflitos, a consolidação e algumas conquistas que foram realizadas com muito suor e sangue. Leiam a reportagem.


(http://viajeaqui.abril.com.br/materias/quilombo-terra-de-homens-livres#1)

Rios voadores - floresta Amazônica

Imagem
O termo ‘rio voador’* descreve com um toque poético um fenômeno real que tem um impacto significante em nossas vidas. Rios voadores são cursos de água atmosféricos, invisíveis, que passam em cima das nossas cabeças transportando umidade e vapor de água da bacia Amazônica para outras regiões do Brasil. 


Fonte: http://www.riosvoadores.com.br/